Blog do Paulo Sampaio

Histórico

Preconceito de mão dupla: 'mendigo' e 'japonesa' se estranham na rua em SP

Paulo Sampaio

22/02/2018 05h00

Aconteceu outro dia, em frente ao prédio onde eu moro, em Higienópolis, região central de SP. Uma brasileira de origem japonesa residente no bloco B  conversava com um curador de arte do bloco C, quando um morador de rua se aproximou dos dois, arrastando um saco grande de lixo reciclável. Mostrando-se amedrontada, ela circundou o amigo, para se “proteger”. Ao perceber o movimento da mulher, o morador de rua gritou:

“Volta pra sua terra, amarela! Tá fazendo o quê aqui? Se tem nojo do povo do Brasil, se tem nojo de mendigo, volta pra sua terra!”

Gritou isso muitas vezes, até que a ‘amarela’ se aproximou dele meio constrangida, pela quantidade de transeuntes que observavam a cena, e pediu perdão: “Você me desculpe, eu agi errado.”

O morador de rua então disse, e repetiu: “A senhora me julgou sem me conhecer! Olha, não julgue um livro pela capa, dona”… Ela insistiu: “Certo, mas você pode aceitar minhas desculpas ou não?” Ele aceitou as desculpas e disse, baixando o tom de voz, que ela não deveria mais tratar pessoas de outra condição social daquele jeito. Foi embora.

Pareceu satisfeito com o desfecho do incidente, mas ela, pensando bem, não: “Ele também deveria pedir desculpas por me chamar de amarela. Ou ele também não me julgou?”

Moral da história: nem o “mendigo”, nem a “amarela” precisavam ter vivido aquele momento. Um flagelo social, cultural, emocional, político etc.

 

Sobre o autor

Nascido no Rio de Janeiro em 1963, Paulo Sampaio mudou-se para São Paulo aos 23 anos, trabalhou nos jornais Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo, nas revistas Elle, Veja, J.P e Poder. Durante os 15 anos em que trabalhou na Folha, tornou-se especialista em cobertura social, com a publicação de matérias de comportamento e entrevistas com artistas, políticos, celebridades, atletas e madames.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Blog do Paulo Sampaio
Topo